Highlights | 3ª semana agosto

O que aconteceu de mais importante em tecnologia, inovação, investimento e pesquisa em saúde.

A melhor notícia da semana:

Pessoas totalmente vacinadas têm risco 50-60% menor de uma infecção Delta

De acordo com um novo estudo realizado por investigadores do Imperial College London, pessoas totalmente vacinadas contra a Covid-19 podem ter um risco 50-60% menor de infecção com a variante Delta do que pessoas não vacinadas. Mais concretamente, no estudo, aqueles que tomaram a vacina tinham metade da probabilidade de testar positivo para o coronavírus e 60% menos probabilidade de terem uma infecção sintomática. Mais informações.

Apenas 2% hospitais privados registram ocupação de UTI para Covid acima de 80%

Ótima notícia! 

Pesquisa SindHosp mostra diminuição na ocupação de leitos Covid e aumento de cirurgias eletivas. Em maio, pesquisa de número 12, realizada entre 11 a 15 de maio de 2021, registrava 88% dos hospitais privados paulistas com ocupação de UTI superior a 80%. Hoje apenas 2% dos hospitais relatam ocupação de UTI superior a 80%. E 42% apontam ocupação de leitos de UTI entre 51% e 70%. Mais detalhes.

Pesquisa em Saúde

A Pfizer envia dados ao FDA mostrando que uma dose de reforço funciona bem contra o coronavírus original e variantes

Pfizer e BioNTech disseram na segunda-feira que enviaram dados iniciais à Food and Drug Administration dos EUA para apoiar o uso de uma dose de reforço da vacina Covid-19. A dose de reforço provocou uma resposta de anticorpos significativamente maior contra a cepa inicial do coronavírus e as variantes Delta e Beta, em comparação com o que foi visto entre as pessoas que receberam duas doses. A dose de reforço parecia ser tão protetora contra as variantes Delta e Beta quanto contra o coronavírus original. Saiba mais.

Fiocruz vai fabricar 60 milhões de testes de antígeno para covid-19

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou, hoje (16), que vai produzir 60 milhões de testes de antígeno para o diagnóstico da covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a fundação, a iniciativa terá investimento de cerca de R$ 1,2 bilhão, e o montante de testes a ser fabricado poderá ser entregue ao Ministério da Saúde até o final deste ano. Acesse mais informações.

Brasil tem 22,8% da população completamente imunizada contra a Covid

O Brasil chegou nesta quinta-feira, 12, a 112.046.147 vacinados com ao menos a primeira dose contra a covid-19, o equivalente a 52,91% da população total. Ao mesmo tempo, 48.269.832 pessoas receberam duas doses ou dose única de vacinas anticovid, o que corresponde a 22,80% da população. Ótima notícia para todos nós!  Mais informações.

Os wearables podem revelar segredos para a compreensão dos ritmos circadianos

Os pesquisadores criaram um método estatístico que extrai o ritmo circadiano de uma pessoa com base nos dados de frequência cardíaca fornecidos por seu smartwatch. Sabia que cada pessoa tem um relógio interno, chamado de ritmo circadiano, que garante que cada processo fisiológico seja otimizado de acordo com a hora do dia? Confere na matéria.

Moderna faz planos para uma nova fábrica canadense de vacinas de mRNA – e mais podem estar a caminho

A Moderna assinou um memorando de entendimento – um acordo não legalmente vinculativo forjado no caminho para um contrato oficial – com o governo canadense para construir uma instalação de fabricação de vacinas de “RNA mensageiro de última geração”, anunciou a empresa na terça-feira (10/08). Mais detalhes.

Como uma vacina centenária contra tuberculose pode ajudar a combater COVID-19 grave

Na busca por armas contra o COVID-19, os cientistas têm reaproveitado os medicamentos existentes como uma forma rápida de diminuir as chances de hospitalização e morte. Agora, um grupo de pesquisa na Índia descobriu que uma vacina centenária contra a tuberculose pode ter potencial para combater a doença. Mais informações.

Rastreador COVID-19: São Francisco, Nova Orleans exigem vacinas ou testes negativos em empresas internas

Nova Orleans e São Francisco se unirão à cidade de Nova York e exigirão que os clientes de restaurantes, academias e outros estabelecimentos fechados apresentem comprovante de vacinação antes de entrar. Leia mais.

Sensor magnético!

Uma fibra óptico-magnética, sensível a campos magnéticos extremamente fracos, terá utilidades tão amplas quanto sensores neurais, implantados dentro do cérebro, até detectores da iminência de erupções vulcânicas. A fibra é constituída por um vidro composto por vários óxidos, principalmente os óxidos de germânio (GeO2) e boro (B2O3), com alta concentração de íons de térbio (Tb3+). Em vez de transportar dados, como as fibras ópticas comuns, sua vocação natural é a detecção de variações mínimas do campo magnético.Uma avanço e tanto para a área de pesquisa! Mais detalhes.

Inteligência artificial auxilia na triagem de 30 milhões de possíveis medicamentos contra o SARS-CoV-2

Em um estudo publicado na revista científica Biomolecules, pesquisadores aceleraram a descoberta de medicamentos para identificar alvos promissores para estudos adicionais. A pesquisa foi conduzida usando simulação computadorizada, chamada de triagem in silico (que significa em silício ou no computador) e validada usando experimentos biológicos com vírus vivos. Confira.

Impacto da vacinação contra COVID no mundo do trabalho

O País avançou na imunização, o que já está refletindo de forma muito positiva na economia e levando especialistas a reverem as prospecções sombrias de 2020.Na medida que cada vez mais jovens são vacinados contra a doença que já matou mais de meio milhão de brasileiros, o mercado de trabalho vai retomando aos poucos suas atividades, o que coloca em alerta as equipes de que operam a saúde ocupacional das empresas. Mais informações.

Dispositivos médicos não pressionam custo da saúde pública e privada, revela estudo inédito

Assim como acontece com os produtos produzidos no Brasil, os itens de tecnologia médica importados – que correspondem a 40% do consumo local – não exercem pressão no custo da saúde pública ou privada. O estudo inédito ‘Índice ABIIS Importação – IAI’ analisou, entre janeiro de 2008 e dezembro de 2020, a cesta global representativa de dispositivos médicos adquiridos no exterior, que é subdividida em três diferentes segmentos: dispositivos médicos implantáveis (DMI); reagentes e analisadores para diagnóstico in vitro; e materiais e equipamentos para a saúde. Saiba mais.

Médicos brasileiros buscam novas formações na pandemia e mercado de pós-graduação deve dobrar nos próximos 5 anos

A pandemia não só transformou a rotina dos médicos brasileiros, que tiveram que se dedicar ainda mais para salvar milhões de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus. Ela transformou também a jornada de formação deste profissional, que dentro de um contexto de extrema urgência reformulou seus hábitos e teve que encontrar novas formas de buscar conhecimento. Mais informações.

Diagnóstico de doenças pulmonares raras pode demorar até cinco anos

O levantamento revela a realidade de brasileiros que convivem com Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI), Esclerodermia com acometimento pulmonar (DPI-ES) e outras Doenças Pulmonares Intersticiais (DPIs).“A pesquisa evidencia que um paciente com DPIs, por exemplo, pode demorar até cinco anos para receber o diagnóstico correto, o que deixa claro o impacto da doença na qualidade de vida das pessoas com essas condições”, destaca Thais Melo, diretora médica da Boehringer Ingelheim Brasil. Mais detalhes.

Variante Delta pode aumentar riscos de reinfecção pela COVID-19, indica estudo

Um estudo liderado pela Universidade de Oxford, do Reino Unido, com a participação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), apontou que a variante Delta pode aumentar os riscos de reinfecção pelo novo coronavírus. Detectada inicialmente na Índia, a cepa já está presente em 92 países, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), e, até o momento, é responsável por duas mortes no Brasil. Mais informações.

Tendências e Mercado

Reajuste dos planos de saúde

Sabia que o Brasil tem atualmente cerca de 48 milhões de beneficiários de planos de saúde privados? Este número já esteve acima de 50 milhões. A queda é decorrência da crise econômica que atingiu o país em 2015 e da pandemia do coronavírus, que gerou desemprego recorde no ano passado. E com crise, número de beneficiários de planos de saúde privados diminuiu. Saiba mais.

Preço dos medicamentos recua em julho após alta no primeiro semestre

O preço dos medicamentos vendidos aos hospitais no Brasil registrou queda de 1,90% em julho após apresentar alta de 14,69% no primeiro semestre deste ano. Os dados são do Índice de Preços de Medicamentos para Hospitais (IPM-H), indicador criado pela Fipe em parceria com a Bionexo – health tech líder em soluções digitais para gestão em saúde. Mais informações.

Mercado farmacêutico online cresce e impulsiona companhia do setor

O mercado farmacêutico deverá crescer 10,13% este ano, segundo o Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos) e as vendas on-line, que dobraram entre 2019 e 2020, deverão seguir em alta, segundo especialistas do setor. Neste contexto, a epharma anuncia sua nova proposta de valor, após uma reestruturação completa do portfólio e o lançamento de uma plataforma phygital, que une as experiências de compras de produtos e serviços de saúde no ambiente físico e digital para as 30 milhões de pessoas beneficiadas por sua rede de atuação. Mais detalhes.

Investimentos

Financiamento recente – Roch Health

  • Empresa de software de teste clínico e co-porta da Rock Health, Reify Health, arrecada US $ 220 milhões.
  • Manaha Therapeutics adiciona $ 61 milhões para lançar sua terapêutica digital para IBS.
  • Lucid Lane , uma solução de telessaúde para suporte a transtornos por uso de substâncias, arrecada US $ 16 milhões.
  • Intelligencia.ai, que usa análises profundas para reduzir o risco de desenvolvimento clínico, recebe US $ 12 milhões.
  • Desenvolvedor DTx para doenças autoimunes Swing Therapeutics fecha em US$ 9 milhões.
  • A Elektra Health garante US$ 3,8 milhões para ajudar mulheres a enfrentar a menopausa.
  • Spora Health, uma plataforma virtual de atenção primária para pessoas de cor, arrecada US$ 3 milhões.

BrainQ ganha US $ 40 milhões para testar um dispositivo de terapia de campo eletromagnético alimentado por IA para recuperação de derrame

BrainQ, está desenvolvendo uma solução mais rápida e eficaz para derrame e outras condições neurológicas – uma que acabou de render à startup israelense uma efusão de US $ 40 milhões em financiamento de risco. O sistema BrainQ conta com terapia de campo eletromagnético para estimular as redes neurais que governam a função motora e outras atividades neurológicas, oferecendo tratamento de baixa frequência para reparar qualquer dano a essas redes neurais e retomar a função cerebral normal. Mais informações.

Cadence é lançado com US $ 41 milhões e fecha parceria com LifePoint Health

A empresa oferece uma plataforma de monitoramento remoto de pacientes que permite aos médicos não apenas monitorar os pacientes em casa, mas também fornecer feedback personalizado por meio de textos e visitas de vídeo. A plataforma será implantada nas instalações da LifePoint Health é usada para fornecer atendimento remoto a mais de 100.000 pacientes.

A mais nova ferramenta de detecção de doenças para COVID e além: Poop

Essa ferramenta alertou os pesquisadores para cerca de 85% dos casos em dormitórios antes de serem diagnosticados, de acordo com um estuudo a ser publicado em breve (PDF), disse Rob Knight, Ph.D., professor de pediatria e ciência da computação e engenharia que ajudou a criar o programa de teste de águas residuais do campus. Leia mais.

Healthtechs receberam US$ 216 milhões em 2021

Nos primeiros sete meses do ano as healthtechs levantaram US$ 216 milhões em 34 rodadas de investimento, o que já representa quase o dobro do investido durante todo o ano passado, quando foram aportados US$ 112,2 milhões no setor, ao longo de 61 deals. Os dados são do Inside Healthtech, relatório mensal produzido pelo Distrito. Só em julho, foram US$ 32,9 milhões levantados em cinco rodadas de investimento.

Grupo NotreDame Intermédica investe na healthtech NeuralMed

O Grupo NotreDame Intermédica (GNDI) reforça um dos seus princípios estratégicos que é a inovação com o investimento na healthtech NeuralMed. O investimento prevê uma participação societária de 9,29% na startup brasileira criada em 2018. A NeuralMed tem como foco otimizar o tempo de atendimento e a assertividade das decisões médicas utilizando inteligência artificial. Por meio deste investimento, a companhia terá na NeuralMed um parceiro para a melhoria de processos em toda a sua rede própria, bem como na qualificação de sua rede credenciada. Mais informações.

Startup cria uma empresa de serviços de cuidado doméstico de $ 2 bilhões 

Honor, empresa de cuidados domiciliares com tecnologia avançada, adquiriu a Home Instead, um dos maiores fornecedores de cuidados domiciliares dos Estados Unidos, em uma mudança que criaria uma empresa com mais de US $ 2,1 bilhões em receitas de serviços de cuidados domésticos e potencialmente impactaria a indústria de idosos. Saiba mais.

Kora Saúde levanta quase R$ 770 mi em oferta restrita e estreia na B3 na sexta

A capixaba Kora Saúde, dona de uma rede hospitalar, precificou suas ações a R$ 7,20, piso da faixa indicativa, no âmbito de sua oferta restrita de ações. Com isso, a companhia levantou R$ 769,9 milhões, considerando a oferta base e a venda de cerca de 10% de ações adicionais. O montante desconsidera a eventual venda de lote suplementar. Mais informações.

Vera Whole Health atrai a participação da Morgan Health – e um investimento de US $ 50 milhões

Morgan Health, unidade de negócios do JPMorgan Chase, fez seu primeiro investimento em uma empresa que oferece um modelo coordenado de atenção primária. Vera Whole Health opera uma rede de clínicas primárias em 10 estados, apoiada por uma plataforma de tecnologia. Acesse mais informações.

Qualicorp compra Grupo Elo por R$ 129,5 milhões

 A Qualicorp, administradora de planos de saúde, firmou contrato para a aquisição da totalidade do capital social da Elo Administradora de Benefícios e da APM Assessoria Comercial e Corretora de Seguros, empresa do Grupo Elo, pelo valor total de R$ 129,5 milhões. Em paralelo, a companhia também assinou um acordo de direitos de comercialização com a Seguros Unimed e a Central Nacional Unimed (CNU), pelo qual pagará R$ 45 milhões e possibilitará a venda de diversos produtos das duas operadoras de saúde. Mais informações.

Roche Diagnóstica e Vida Care fecham parceria focada em saúde ocupacional

Visando oferecer novos serviços e soluções em saúde ocupacional, a Roche Diagnóstica e a Vida Care iniciam uma parceria estratégica para aprimorar a gestão dos colaboradores de empresas em todo o Brasil. A parceria começa com a oferta de testes rápidos para Covid-19 e se estenderá para outras linhas point of care da companhia, com produtos que permitem realizar o diagnóstico no local onde o funcionário estiver. Mais detalhes.

Grupo Pardini compra laboratório APC por R$ 19,5 milhões

O Grupo Pardini anunciou a aquisição integral do APC, laboratório referência no país em painéis de imuno-histoquímica e hibridização “in situ”, realizadas em biópsia de peças cirúrgicas com amplo espectro de diagnóstico em Oncologia. Com a aquisição, a empresa pretende ampliar a oferta dos serviços especializados em Oncologia para todo o país por meio de hospitais, médicos, indústria farmacêutica, além dos mais de 6 mil laboratórios parceiros Lab-to-Lab.

Boa leitura e excelente semana a todos! 

Me acompanhe no LinkedIn para não perder nenhuma notícia da área de saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *